Boletim de Desenvolvimento Mapas Culturais – Abril e Maio de 2018

Durante o mês de abril continuamos a implementar diversas das questões mapeadas durante encontro de desenvolvedores e formação, além de focar em inúmeras questões específicas para o Ministério da Cultura, de modo a viabilizar o mais rápido possível o lançamento e deploy de uma nova versão do Mapas Culturais nos servidores do ministério.

Paralelamente atendemos demandas de importação de dados, como os Pontos de Memória, e acompanhamos e resolvemos várias questões urgentes do uso do mapas por parte do IBRAM para que cumprissem a meta de respostas do formulário anual de visitação (FVA), a ser encerrada já em maio de 2018.

Abril

Segue um resumo das novas funcionalidades e correções de erros:

  • Adiciona no menu, “Meu perfil”, para facilitar a diferenciação entre o agente padrão e os demais agentes

Além de todas essas atividades e atendimento direto ao MinC, auxiliamos a comunidade em geral que utiliza o Mapas Culturais, incluindo a instalação utilizada pelo governo do Uruguai, dando suporte na atualização da ferramenta para que as últimas funcionalidades do projeto fossem implantadas. Com isso, o MediaLab conseguiu corrigir, entre outras demanda técnicas, os modos de autenticação específicos deles, bem como apontamentos de erros nos temas personalizados. Prestamos suporte também para a instalação do Mapas Culturais presente no estado do Ceará corroborando na correção do módulos de oportunidades.

Maio

Foi um momento de fazer um balanço geral do que havia sido desenvolvido até o momento, e posteriormente comunicação das últimas novidades da plataforma para os responsáveis pelas instalações, aproximando da comunidade de uso e desenvolvimento, e colhendo feedbacks que resultaram em diversas melhorias, além de:

  • Envio das notificações de requisições por email
    • Todas as requisições que hoje aparecem somente no painel, agora também vão por email
  • Correção de problema na Scheme da URL na listagem dos subsites (ref: #1380)
  • Diversas melhorias e amadurecimento do uso de pcache (cache de permissões), que contribui para a performance do Mapas Culturais
  • Criação de novas documentações úteis para os desenvolvedores
  • Melhorias na API
  • Documentação do funcionamento de permissões de usuários da plataforma, bem como explicação a nível de código para equipe técnica;
  • Documentação da API do Mapas Culturais
  • Documentação dos hooks do Mapas Culturais
  • Correções de bugs e melhorias diversas na usabilidade do módulo de oportunidades
  • Criação de modo automático para detectar e carregar temas disponíveis para a plataforma
  • Criação e gerenciamento de filtros customizados para os subsites
    • Permite a fácil configuração de filtros personalizados para cada subsite, diretamente pelo painel de administração

  • Exposição da versão do mapas presente na instalação, facilitando verificação para gerentes e desenvolvedores
  • Melhorar método da API de consulta do Mapas para exibir propriedade singleUrl ao chamar o endpoint describe.

 

No mês de maio também iniciamos o desenvolvimento de duas tarefas grandes e importantes, que envolvem a melhoria do processo de criação de novas entidades e um melhor painel de gestão de usuário para os administradores da plataforma

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *